Certificação DGERT

As nossas formações são certificados pela DGERT – quais são as vantagens?

Atentos às várias formas de melhorar a qualidade das nossas formações, e as vantagens que podemos oferecer-lhe enquanto empresa/instituição, adequamos os nossos procedimentos às exigências do sistema de Certificação das Entidades Formadoras da DGERT, órgão governamental considerado um dos garantes da qualidade do Sistema Nacional de Qualificação em Portugal.

Quais são as vantagens para si, enquanto formando de uma entidade certificada?

1. A certificação da DGERT: garantia de estar a fazer uma formação numa instituição reconhecida e com protocolos de auditoria regulares, efetuados pela DGERT (Sistema Nacional de Qualificação em Portugal), e com uma prática regular e continuada de melhoria de serviços;

2. Caderneta Individual de Competências na DGERT: a certificação desta formação pela DGERT permite a inserção das formações, ministradas pela Academia Formação Clinica Dr. Alberto Lopes, na sua Caderneta Individual de Competências na DGERT, com garantia do reconhecimento da formação pelo Sistema Nacional de Certificações. Trata-se de uma caderneta online, onde constam todas as suas formações reconhecidas. Por norma, as entidades empregadoras podem consultar essa caderneta e, em geral, as empresas validam mais as formações certificadas pela DGERT;

3. Inúmeras vantagens fiscais (dedução até 30% do valor investido): pelo facto desta formação ser reconhecida pelo Sistema Nacional de Certificações, pode incluir os valores pagos na sua declaração do IRS, no campo da Educação, deduzindo até 30% do valor investido;

4. Possibilidade de reconhecimento do número de horas da formação DGERT em créditos ECTS (European Credit Transfer System), por uma instituição de ensino superior. Os créditos ECTS (European Credit Transfer System), foram concebidos como um sistema de créditos a aplicar em todos aqueles países da europa e que aderiram ao Acordo de Bolonha (reconhecimento académico europeu). Pretende-se com isto o reconhecimento dos estudos e diplomas obtidos nos diversos países signatários do Acordo de Bolonha, e assim promover a mobilidade dos estudantes e diplomados. Dentro do EEES e entre este e o resto do mundo. Um dos objetivos do Acordo de Bolonha assenta na possibilidade de um estudante de uma determinada instituição e país poder ver o trabalho realizado ao longo do seu percurso de formação traduzido de uma forma numérica, inequívoca, dai surgiram os ECTS (European Credit Transfer System), estes créditos são legíveis e transferível em todo o Espaço Europeu de Ensino Superior (EEES).

Contacte-nos

O seu nome (obrigatório)

O seu email (obrigatório)

O seu Tel (obrigatório)

Assunto

A sua mensagem

Carrinho

  • Nenhum produto no carrinho.

Login

error: Conteúdo protegido!